O juiz (2014)

O Juiz é daqueles filmes que começa e você nem imagina como vai terminar. Retrata a história de Hank, um advogado bem sucedido, que após a morte da mãe, volta à sua cidade natal e reencontra a família, que há muito tempo não via.

É um reencontro consigo próprio e principalmente com o pai (o juiz), pois revivem suas diferenças e reaprendem a se relacionar (ou tentam). O pai dele é acusado de homicídio e precisa defendê, mas o pai é muito controlador e os conflitos de antes precisam ser revividos e reelaborados. Aspectos de projeção de ambos são claros no filme.

O filme também retrata questões sobre envelhecimento e orgulho, além de levantar questões éticas e morais. Vale a pena assistir e refletir sobre nossas relações com aqueles que amamos, mais ainda com quem temos muita dificuldade em manter uma relação saudável.